O email marketing tornou-se uma ferramenta quase indispensável nas estratégias de marketing das empresas. Afinal, nada melhor do que possuir canais de comunicação entre sua empresa e o cliente. Essa estratégia, também chamada de mailling, não foi inventada hoje. Mesmo antes do email, empresas já possuíam listas de endereço de seus clientes para divulgar promoções, produtos ou ainda enviar aquele cartão de feliz natal.

Com o surgimento do email o processo ficou mais fácil e mais barato. Cada dia mais pessoas possuem email (atualmente são quase 3 bilhões) e acesso à internet. Para quem tem site, o email marketing é ainda mais importante, já que permitirá que você potencialize seu site.

O email marketing é uma linha de comunicação direta com seus possíveis clientes, isso é muito importante e valioso. Sua lista de emails deve ser considerada, inclusive, um ativo da empresa, algo que possui valor real. Mas não basta ter apenas uma lista, é preciso ter boas ferramentas e um estratégias de marketing alinhada.

 

Principais benefícios do email marketing 

A sua lista de email é um canal de vendas.

Todo negócio precisa de publicidade e canais de divulgação. Diferente de distribuir panfletos no semáforo, uma lista de emails bem construida e direcionada, significa que você estará se comunicando com um público realmente interessado. Seja de pessoas que visitaram seu site e apenas demonstraram interesse, seja do cliente que já comprou com você e pode comprar novamente. Apesar do sucesso das redes sociais, do chatbot, etc, o email marketing ainda possui as taxas mais altas de sucesso nas vendas (aproximadamente 7% de eficiência). Então não subestime esta ferramenta.

Custo baixo e alto nível de automação.

Hoje todos sabem que o digital barateou muito o marketing. Com pouco investimento você pode disparar milhares de emails de forma muito rápida. Além disso, ferramentas mais avançadas permitem a automação de vários processos. Você pode programar emails padrão, por exemplo, para servirem de resposta automática (como uma mensagem de boas vindas para quem se cadastrou na sua lista). Ou ainda criar uma sequência de vários emails que serão enviados automaticamente da forma que você programar.

Transparência nos resultados

Através de ferramentas de email marketing você consegue obter diversos dados. É possível saber quantas pessoas realmente receberam seu email, quantos abriram e quantos clicaram em algum link, quantos se descadastraram etc. É possível inclusive fazer testes A/B (para descobrir quais propagandas funcionam melhor).

Sua lista de emails é sua!

Você nunca perderá esse ativo, diferente de contatos de redes sociais que podem deixar de existir ou mudar suas regras de funcionamento. Nas redes sociais a “entregabilidade” de suas mensagens depende dos mecanismos da rede, diferente do email. Claro que você deve usar ferramentas e estratégias adequadas para ter boas taxas de entrega, abertura e cliques em links.

 

Cuidados ao usar o email marketing 

Antes de começar a sair mandando emails por ai, é preciso tomar alguns cuidados.

A primeira coisa é: não compre lista de emails. Isso é ilegal e antiético. Imagine que você ofereça seus dados para uma empresa que você confia e depois ela comece a vender seus dados para qualquer um que pagar!

Outro motivo para não comprar listas de emails é que sua lista precisa ser eficiente. De nada adianta ter longas listas de emails se estes não são seu público-alvo. Construa sua própria lista de emails. Use a base de clientes que você já possui e use ferramentas de captação, como formulários de contato em seu site, inscrição em newsletter ou cadastro para baixar algum material (como um ebook) ou receber algum tipo de brinde ou promoção.

Sendo assim, sua lista deve conter apenas pessoas que concordaram em receber mensagens e também permitir que qualquer um se descadastre quando quiser. Essas são regras básicas. Todos email deve possuir um link para se descadastrar.

Outra coisa básica que você precisa saber: você terá custos. Emails pessoais como Gmail, Hotmail etc, não foram feitos para isto. Você não terá boas taxas de entregabilidade e será penalizado como spammer (contas que enviam emails de forma maliciosa). Então é preciso saber que você terá que contratar uma ferramenta específica de email marketing. Além disso, é preciso dedicar um bom tempo para criar mensagens e campanhas realmente eficazes (senão você pode acabar tendo resultados negativos).

Ferramentas de email marketing

Como dissemos, é essencial uma ferramenta de email marketing para enviar suas mensagens e acompanhar resultados:

  • Ferramentas pagas: existem diversas ferramentas na internet com diferentes características e valores. A mais recomendada (e que já utilizamos) é o Mailchimp. Além de ser uma ferramenta completa, ele é gratuito para listas de até 2.000 contatos. Porém, uma desvantagem é que o programa é em inglês.
  • Ferramenta livre: para quem possui mais conhecimento técnico existe o Mautic, um software livre e gratuito. Apesar do funcionamento da ferramenta não ser tão complexo, ela deve ser instalada em um servidor próprio e por isso exige um nível técnico maior.
  • A opção fácil: se você prefere investir dinheiro, ao invés de tempo, a Soluções Cobra pode criar e gerenciar suas campanhas de email marketing. Usando nossos próprios servidores junto com o Mautic nós cuidamos não só da parte técnica como da produção e criação de suas campanhas. Entre em contato conosco para maiores informações.

Estude bastante antes de começar

Toda campanha de marketing mal feita irá impactar seu negócio de forma negativa. Não faça nada apenas por fazer ou dando um jeitinho. Esse texto é apenas uma apresentação do tema. É preciso estar atento a muitas outras questões para desenvolver uma estratégia que realmente signifique mais vendas e oportunidades.

Separamos dois artigos para você se aprofundar no assunto. Qualquer dúvida, entre em contato conosco.

50 dicas rápidas de email marketing – RD Station

Como o email marketing pode ajudar na sua estratégia de Marketing de Conteúdo – Rock Content

Gostou? Compartilhe

WhatsApp chat